“A different race of people”

abril 29, 2006 at 8:09 pm (matutando, passeando)

Quarta-feira completou 20 anos da explosão do reator n.4 da usina nuclear em Chernobyl. Em 2005 um comitê das Nações Unidas publicou um relatório cuja conclusão diz que os efeitos provaram-se não tão horrorosos quanto o que se supusera na época do acidente, que apenas 4.000 pessoas eventualmente morrerão das doenças causadas pela exposição à radiação.

Este relatório parece uma piada de mau gosto se comparado ao ensaio fotográfico à que acabo de assistir: Chernobyl Legacy, fotografado e narrado por Paul Fusco. O que vi é, literalmente, horripilante. Tudo o que eu já tinha visto em revistas ou televisão agora parece uma versão excessivamente pasteurizada da catástrofe. Chernobyl Legacy mostra o pesadelo em que vivem algumas das crianças que nasceram na Bielorússia anos depois do acidente, é emocionalmente avassalador, mas certamente algo que deve ser visto. É triste pensar no que ainda está por vir.

1 Comentário

  1. Alberto Portacio apicella said,

    Hola
    Te invito a visitar mi blog.
    Espero te agrade

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: